Skip to content

Para meninos e meninas

Fevereiro 22, 2012


Namoro cristão

Bom, tenho plena certeza que não sou a melhor pessoa para falar sobre o assunto.  Entretanto, tenho lido bastaante à respeito e é algo muuito comentado entre jovens, cristãos ou não! O que difere é a maneira como falam, (pelo menos deveria!) e senti no coração de compartilhar algumas coisinhas! Vamos lá?!

“Tudo tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo propósito debaixo do céu.” Eclesiastes 3.1

Primeiro quero deixar bem claro que, existe uma diferença muuito nítida entre o namoro do mundo, e o namoro cristão (o que exclui namoro misto, o que sou TOTALMENTE contra, e tenho base Bíblica :”Não vos ponhais em jugo desigual com os incrédulos; porquanto que sociedade pode haver entre a justiça e a iniquidade? Ou que comunhão, da luz com as trevas?” 2 Co. 6.14) . Mas, prosseguindo, vamos fazer uma comparação?

Namoro do mundo:Menino A gosta da menina B, menina B gosta do menino A. Trocam olhares (o famoso ‘flerte’, assunto para outra hora! rs) Ele ‘ficam’ ([E sério, eu não entendo o que significa ‘ficar’, acho isso bem grosseiro, mas enfim), depois ficam novamente, e quando veem que esse ‘ficar’ está ficando mais sério, então decidem namorar.  Esse está fácil né! TUDO errado.Namoro cristão: Menino A, gosta da menina B. São de uma igreja, de mesma ordem (seja longe, perto ou melhor ainda, na mesma igreja), trocam telefone, facebook, twitter, MSN, bla bla bla, têm amigos em comum, saem juntos, começam a orar por isso, passa algum tempo e loogo chega aos ouvidos de toodos a graande notícia! Eles estão namorando!!! o/ Ebaa, todo mundo feliz! Não, não é tudo felicidade não. Conclusão: Com o passar do tempo, durante o namoro, os dois percebem que há certas coisas no outro, que não foram reconhecidos durante o tempo de amizade (que foi curtíssimo) e agora, não têm a liberdade e intimidade, que deveriam ter sido cultivadas antes mesmo do namoro começar. Mesmo que houve oração, teve um erro muito grave. O pouco tempo, o desespero, a pressa. (Minha avó e mãe, seempre disseram que ‘a pressa é inimiga da perfeição’ e é muito verdade!) É necessário que antes de se iniciar um namoro, os dois já tenham uma certa amizade (pura), e que tenham sim, a liberdade de  compartilhar, questionar, perguntar, se abrir com o outro e conversar sobre tudo. É isso que é a amizade. Na verdade é isso que é o namoro: AMIZADE! :] E isso só será conquistado com o TEMPO! É necessário que antes dos olhos de interesse, eles devem ver um ao outro com os olhos de AMIZADE!
Alguém, uma vez disse: “Seja a eterna amiga do seu namorado, e a eterna namorada do seu marido!” Concordo PLENAMENTE! A amizade vai muuito além daquilo que a maioria das pessoas pensam ser. Principalmente a amizade entre um casal, que vem de Deus, é algo muito profundo e puro!
Aproveitando este mesmo exemplo, vou falar um pouquinho sobre distância. Acredito que o amor rompe não somente barreiras, mas também fronteiras! (literalmente falando! rs) [: Entretaanto, a distância gera saudade, e saudade todo mundo sabe que machuca e dói. Este é sim um fator importante, mas acredito mais na força do verdadeiro amor (que vem de Deus), e na maturidade do casal, que uma relação pode acontecer mesmo à distância! MUITO mais difícil com certeza, mas, para Deus nada é impossível, não é verdade?! rs

  • Príncipes e Princesas encantados!
Ta aí um assunto polêmico! Nunca fui muito fã de contos de fadas, príncipes encantados e coisas do tipo! rs Mas sim, como esse é o natural, principalmente entre meninas, já idealizei várias e várias vezes como seria meu futuro, família, filhos, e tal. A idealização do(a) pessoa ideal para nós, é algo muito natural, e acredito que em parte até seja bom! Mas somente em parte. Quando chega ao ponto que começamos idealizar um pessoa perfeita, aí que está o erro. Porque contos de fadas, príncipes encantados e pessoas perfeitas simplesmente não existem! Isso é fato e todos sabemos. Muitas vezes nos ‘enganamos’ achando que existe, mas não existe! rs O pior de tudo, é que esse erro puxa um outro erro. Sim, sim, um outro erro: Egoísmo! O relacionamento, a união foi criado por Deus, lá no início, lembra?! (Gênesis 2:18-25) E para que um relacionamento seja SEMPRE forte é necessário altruísmo e amor. O restante vêm de presente! haha!
Não podemos, nós realmente não devemos embarcar em um relacionamento com a intenção que a outra pessoa nos faça feliz, mas sim que NÓS tenhamos a capacidade dada pelo Pai, de fazermos ele/ela feliz! O egoísmo e a falta de amor, não levam a lugar algum!
Devemos sempre ter metas, focos. Busque um(a) cristão(a) genuíno, alguém com competência espiritual. Salvos, fiéis, puros e maduros espiritualmente, o que exclui o jugo desigual: descrentes, imorais, crentes imaturos e assim por diante).A primeira coisa que deve existir (não somente nessa, mas em todas as áreas de nossa vida) é a oração! Não ore à Deus pedindo alguém perfeito, mas ore pedindo para que Ele lhe mostre no que VOCÊ deve mudar e melhorar, para que possa fazer o “amor da sua vida” feliz! Não ore para que Deus prepare alguém que LHE faça feliz, isso é egoísmo! Devemos primeiro fazer a nossa parte, o restante… Deus trabalha, move o mundo e traz a SUA pessoa até você!

Por fim, a base de um relacionamento maduro e abençoado, deve ser um relacionamento a três:
Ele-Jesus-Ela. Exatamente… o casal e Jesus, estando Jesus SEMPRE no centro, guiando e orientando o casal!

Oração e Fé! É isso que o SENHOR deseja em nossas vidas!

Com amor, Tha! ♥

Anúncios
No comments yet

Deixe seu comentário!

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: