Skip to content

Perto de Deus- Parte II

Julho 26, 2012

Como fazer com que a presença de Deus seja real em minha vida?

Na semana passada iniciei a série de posts “Perto de Deus”. Falei que, se queremos sentir a presença de Deus mais real em nossas vidas, devemos nos curvar diante dEle. Hoje a Bíblia nos ensina que não adianta apenas nos curvarmos perante o Pai, mas também devemos adorá-lo de todo o coração para sentirmos a sua presença de uma maneira tão real a ponto de voltarmos ao primeiro amor. Pratique a adoração!

Pode ser que deixemos os dias correrem, aguardando que Deus apareça para nós e declare a sua presença. Embora não esteja esperando relâmpagos ou uma voz de trovão vinda do céu, gostaria de pelo menos sentir a presença dEle. Um calor interior dizendo: “Eu, estou aqui, com você!” Um pequeno sinal como uma voz a sussurrar: “Estou aqui ao teu lado…”
Às vezes, pela bondade de Deus, é exatamente isso que acontece. Você sabe que Deus está ao seu lado. Mas em outros momentos, quando está mais necessitado, (ou desanimado) parece que Ele está totalmente ausente. E o que fazer nessas horas?

Eu amo estudar o velho testamento por ele conter histórias que mesmo escritas há taaanto tempo, me ajudam, hoje, na minha caminhada da vida cristã! Em II Crônicas, relata as histórias de alguns dos reis de Israel, que foi marcada de altos e baixos. Reis bons, reis maus. Fazem a vontade de Deus, profanam a Deus. Enfim… Não muito diferente de nossas vidas cristãs hoje (infelizmente). No capítulo 28 de II Crônicas, é relatado o mau reinado do rei Acaz (que iniciou-se aos 20 anos de idade). Fez imagens fundidas de baalins, fazia sacrifícios de crianças, adorava a outros deuses exceto o Verdadeiro Deus e esqueceu-se do Deus de seus pais e da casa do Senhor . Já seu sucessor, Ezequias, que com apenas 25 anos, iniciou um reinado que duraria 29 anos de restaurações, reavivamento e adoração a Deus. No primeiro mês, do primeiro ano de seu reinado, todo israel passou por reformas e mudanças que não seriam somente físicas, mas também espirituais. Fariam uma reconciliação  com Deus. Derribou todos os deuses e seu altares, abriu as portas do templo e o reformou e chamou o povo e os sacerdotes a renovarem seus votos com Deus!

…E o louvaram com alegria e se inclinaram e o adoraram- II Crônicas 29:30

O rei Ezequias é um excelente modelo de adorar a Deus, para sentir-se mais próximo dEle. Nessa passagem (versículos 29-36) , encontramos exemplos de adoração. O povo reuniu-se no lugar de oração e confessou seus pecados, pedindo perdão a Deus. Tocaram instrumentos, ajoelharam-se e oraram, recitaram os textos de grandes líderes espirituais do passado, levaram ofertas, cantaram alegres louvores a Deus, agradeceram e pediram sua benção!

…Assim se restabeleceu o ministério da casa do SENHOR- II Crônicas 29:35

É difícil adorar quando Deus perece tãão distante de nós, mas Ele nos convida para o adorarmos em qualquer circunstância. A medida que nos disciplinamos na adoração (mesmo quando não sentimos vontade), iremos nos conscientizar com o que antes nem notávamos: Deus está conosco em todo o tempo, mesmo nos momentos difíceis ou quando não sentimos sua presença!

Por fim, não podemos ser egoístas e querermos que Deus “apareça” a nós, para que somente então, sintamos a sua presença em nossas vidas. Se somos verdadeiros cristãos, o Espírito Santo está a todo o momento conosco. Ele é o nosso consolador! Adore mais a Deus e só então sentirá sua presença de maneira mais forte e real!

Anúncios
4 comentários leave one →
  1. Agosto 1, 2012 12:55 pm

    Oi Thais, estou gostando muito dessa série! Tem bastante a ver com o que eu postei sobre a intimidade com Deus :)
    Muito bom!
    Deus te abençoe!
    Beijos

  2. Agosto 1, 2012 3:14 pm

    Que bom que está gostando!
    Realmente, segue a mesma linha de raciocínio do seu post (que gostei muuuuito tbm!)

    Fica com Deus, beijinho! :)

  3. Agosto 8, 2012 4:23 pm

    A adoração é uma via de mão dupla. Se por um lado somos devedores de adoração e somos convocados solenemente por Deus a prestarmos culto em adoração ao Seu Nome, por outro, somos grandemente edificados por Ele, que nos dá a Sua Palavra por meio da pregação, instruindo cada um de nós (individualmente e como corpo de Cristo) para que tenhamos uma semana fortalecida, onde mesmo que venham as provações, serão passadas com alegria, porque fomos carregados de munição espiritual suficiente para passarmos por todas as coisas do modo que Ele deseja que passemos.

    Muito bom seu post, e seu blog eh lindo… Espero visitá-lo sempre.
    Anninha

    • Agosto 9, 2012 11:55 am

      Com certeza. Somos grandemente edificados e só temos a ganhar quando adoramos a Deus de todo o coração.
      Será sempre bem-vinda, querida!
      Beijão

Deixe seu comentário!

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: