Skip to content

Perto de Deus- Parte I

Julho 20, 2012

Como fazer com que a presença de Deus seja real em minha vida?

Esse tema, será dividido em cinco posts:

 I-Curve-se diante dEle;
II-Pratique a adoração;
III-Entenda que, mesmo quando não “sente” a presença de Deus, Ele está perto de você;
IV-Ele já é real; basta sintonizar-se com Ele;
V-Trate os outros com respeito e compaixão.

Sinto uma constante necessidade de apegar-me mais a Deus e que a Sua presença seja mais real em minha vida. Creio que esse não seja somente um desejo meu, mas de muitos outros cristãos.Vamos começar com: “Curve-se diante dEle”. Quando sentimos a necessidade de mudanças, temos que começar a agir, nos mover, fazer algo…

Se você tem o desejo de ficar mais perto de Deus, de tornar a presença dEle mais real na sua vida você não está sozinho! Uma pesquisa da revista Today’s Christian Woman (Mulheres cristãs hoje), revela que muitas mulheres (cristãs) colocam em primeiro lugar, em sua lista de desejos, a vontade de ficarem mais perto de Deus e sentir o seu amor.

Na carta de Paulo aos Éfesos, no capítulo 3, versículos de 14-21, fala sobre o amor de Cristo e Paulo faz uma oração oferecendo ajuda. E se nós desejamos sentir a presença de Cristo mais forte e mais próxima, podemos seguir seis passos simples que Paulo nos ensina através das escrituras:

      Ajoelhe-se em oração diante do Pai e reconheça quem Ele é:

“Por causa disto me ponho de joelhos perante o Pai de nosso Senhor Jesus Cristo
Por causa disto o que, Paulo se punha de joelhos? No versículo anterior, ele diz para que os irmãos não desfalecessem nas tribulações dele (Paulo). [É impressionante o amor que Paulo tinha por seus irmãos em Cristo! Ele fez uma oração para que os irmão fossem fortalecidos!]
Quando temos alguma dificuldade em nossas vidas, devemos nos ajoelhar na presença do Pai e reconhecer quão Grande, Magnífico, Bondoso e Maravilhoso Ele é! Reconhecer que Deus é o Pai do nosso Salvador Jesus Cristo.

      Peça que Cristo viva em teu coração:

“…sejais corroborados com poder pelo se Espírito no homem interior; para que Cristo habite pela fé em vossos corações…”
Devemos nos humilhar perante Deus e entregar nosso coração nas mãos dEle. O interessante é que aqui, Paulo fala não para descrentes, mas sim para cristãos. E a pergunta é: se já somos salvos, por quê pedir então para que Deus habite em nossos corações? Não existe a perda da salvação. Uma vez que Jesus derramou seu sangue por nós, nunca mais seremos perdidos (graças a Deus! rs), mas acredito que todos já tivemos aquele momento em que não temos motivação para as coisas do alto, não sentimos a presença de Deus, não temos vontade de nos relacionar com nossos irmãos,  enfim… nos sentimos fracos. E temos a necessidade (pois somos falhos) de sentir a presença de Deus em nossas vidas, nos apegando maaaais à Ele, através da oração, comunhão com a palavra e com nossos irmãos!

      Ore para tornar-se um cristão forte:

“…estando arraigados e fundados em amor, poderdes perfeitamente compreender, com todos os santos, qual seja a largura, e o comprimento, a altura e a profundidade…” (enfim, todas as coisas)
Quando estamos fundados no amor de Criso, somos conhecedores das coisas que realmente importam, que realmente têm valor. Ou seja, somos fortes. Força está diretamente ligada a perseverança. Perseverança em nos tornarmos mais próximo de Deus. Quando firmamos um propósito de nos apegarmos mais à Deus, temos de persistir, mesmo que as circunstâncias sejam totalmente contrárias.

      Fique firme:

“…com todos os santos…”
Quando estamos fortalecidos na palavra, e junto com nossos irmãos, os santos,  não há como ficarmos enfraquecidos, tristes e afastados do Pai. Quando um grupo de servos, fortes estão juntos, são firmes, não há dificuldades ou problemas que os enfraqueça! A unidade em Cristo, nos fortalece muito mais do que quando estamos sós.

      Ame a Deus- e aos outros:

“…conhecer o amor de Cristo, que excede TODO o entendimento, para que sejais cheios de toda a plenitude de Deus…”
Esse versículo é fascinante! Ele diz que quando conhecemos o amor de Cristo e passamos a amar, é mais gratificante do que TODO o conhecimento e entendimento! E realmente, o amor de Cristo traz o maior dom que alguém pode receber: a Salvação! Quer coisa melhor do que isso?! (:

      Creia que Deus é Todo-poderoso:

“…é poderoso para fazer tudo muito mais abundantemente além daquilo que pedimos ou pensamos , segundo o poder quem em nós opera…”
Devemos reconhecer que somente Deus é todo poderoso! Ele, e somente Ele pode fazer tudo muito mais abundantemente além daquilo que pedimos ou pensamos. Supre as nossas necessidades da melhor maneira possível. Enquanto pensamos, Ele já está agindo! É poderoso para salvar a tua alma, não seria também para suprir as suas necessidades básicas?!

Deus deseja muito que nós o conheçamos melhor. Se perseveramos em buscá-lo, “arraigados e fundados em amor”, Ele cumprirá sua gloriosa promessa: O Senhor é capaz de “fazer tudo muito mais abundantemente além daquilo que pedimos ou pensamos”

Por causa disto me ponho de joelhos perante o Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, do qual toda a família nos céus e na terra toma o nome, para que, segundo as riquezas da sua glória, vos conceda que sejais corroborados com poder pelo seu Espírito no homem interior; para que Cristo habite pela fé em vossos corações; a fim de, estando arraigados e fundados em amor, poderdes perfeitamente compreender, com todos os santos, qual seja a largura, o comprimento, a altura e a profundidade, e conhecer o amor de Cristo, que excede todo entendimento, para que sejais cheios de toda a plenitude de Deus. Ora, àquele que é poderoso para fazer tudo muito mais abundantemente além daquilo que pedimos ou pensamos, segundo o poder que em nós opera, a Esse glória na igreja, por Jesus Cristo, em todas as gerações, para todo o sempre. AMÉM! –Efésios 3:14-21

Com amor, Tha.

Anúncios

Inverno…

Junho 21, 2012

Tchau outono, bem-vindo inverno! :)

Sou muuito fã de calor, mas eu também gosto bastaante de frio! E logo associo um friozinho gostoso a ficar em casa, filme, chocolate quente, vista da janela, livros, família, amigos etc.

Mas enquanto estamos em nossas casas quentinhos, tem muita gente passando frio nas ruas! :(

Vamos deixar o egoísmo de lado e doar aquele agasalho que NÃO está velho, mas que não usamos mais! (:

O frio é bom quando temos com o que nos proteger dele!

Ahh, e só um comentário: não podemos ficar reclamando (igual geralmente fazemos, não é?! rs) “Ai, ta muito frio!” “Ahh, agora tá muito calor”…

Deus criou todas as estações, porque cada uma tem um propósito! Agradeça!

“…Falou Daniel, dizendo: Seja bendito o nome de Deus de eternidade a eternidade, porque dEle são a sabedoria e a força. E ele muda os tempos e as estações…” -Daniel 2:20-21

Santidade

Abril 25, 2012
Esse post foi muito importante para mim. Eu escrevi junto com a pessoa a qual eu quero passar cada minuto da minha simples vida e fazê-lo feliz- Victor Ferro
“Sede santos, assim como vosso Pai celeste é santo”. (Mt 5: 48)

Um coração santo e puro. É isso que o SENHOR deseja de nós!
Eu fico impressionada como Deus tem tanta facilidade em tornar suas Escrituras tão claras para todas as gerações! Esse versículo mesmo, foi escrito há quase 2000 mil anos atrás e é tão atual como se tivesse sido escrito hoje! Deixando-nos conselhos, exemplos, ordens e ensinamentos que são muito úteis para nossas vidas, assim como foi para aqueles que o leram antes de nós!
Viver a vontade de Deus implica em renunciar tudo. O mundo, e tudo o que vem com ele. Nossas vontades, nossos desejos, nossos anseios e tudo aquilo que parece ser bom aos nossos olhos, mas nos afasta de Deus.A santidade é o corte ou separação de algo impuro e consagração ao que é puro.
E uma vida de santidade é justamente isso: renúncias!

“Ou não sabeis que o nosso corpo é o templo do Espírito Santo, que habita em vós, proveniente de Deus, e que não sois de vós mesmos” – I Coríntio 6:19

Deus deseja  uma geração que seja exclusiva, separada e consagrada totalmente à Ele. “… e que não sois de vós mesmos…” Não somos nossos, somos de Deus, portanto, o nosso viver e nossas atitudes, devem ser santas, puras, verdadeiras, mostrando sempre o Ser maravilhoso que habita em nós: O Espírito Santo!
Existem dois tipos de santidade:
  • Exterior ou cerimonial
Baseia-se em rituais de dedicação ao serviço de Deus (assim como os sacerdotes). Rituais complexos, na verdade, assim como sacrifícios. (Números 6:1-21)
No Novo Testamento a santidade cerimonial proeminente no Pentateuco passa para um segundo plano. Muito do Judaísmo no tempo de Jesus procurava a santidade cerimonial pelas obras (Marcos 7:1-5), logo o Novo Testamento enfatiza a dimensão ética da santidade em vez da dimensão externa. (Marcos 7:6-12).
  • Interior ou moral e espiritual

A palavra grega usada no Novo Testamento equivalente à hebraica para santidade significa um estado interior de liberdade de falha moral e relativa harmonia com a perfeição moral de Deus.
Com a vinda do Espírito Santo, a igreja primitiva percebeu que a santidade da vida era uma realidade interna profunda que deveria governar as atitudes e pensamentos de um indivíduo em relação a pessoas e objetos do mundo exterior. Ou seja: é algo espontâneonatural, assim como o respirar! Isso é simplesmente fascinante quando pensamos que só pode ser vindo do Pai!
Jesus ensinou seus discípulos que não basta não fazer isso ou aquilo (exterior), é necessário uma santidade interior. Como nos mostra Mateus 5:27, se apenas atentar, já cometeu o pecado.
“Ouvistes que foi dito aos antigos: Não cometerás adultério. Eu, porém, vos digo, que qualquer que atentar numa mulher para a cobiçar, já em seu coração cometeu adultério com ela.” Mateus 5:27

Jesus afirmou a natureza ética de Deus quando ensinou seus discípulos a orar e que o nome do Pai deve ser honrado pelo que Ele é, “Santificado seja o teu nome” (Mateus 6:9). No livro de Apocalipse a perfeição moral do Pai é descrita com a atribuição tríplice de santidade emprestada de Isaías: “Santo, Santo, Santo é o Senhor Deus Todo-Poderoso, aquele que era, que é e que há de vir.” (Apocalipse 4:8). Lucas, entretanto, contemplou a santidade de Deus nos termos do conceito dominante no Velho Testamento de Sua transcendência e majestade (Lucas 1:49).
  • Santidade em nossas vidas
A santidade de Deus é o modelo que temos para a nossa vida, não há outra santidade. A Bíblia diz em 1 Pedro 1:15 “Mas, como é santo aquele que vos chamou, sede vós também santos em todo o vosso procedimento”. Ou seja, do mesmo modo que Deus é santo, nós devemos buscar a santidade em nossas vidas. A santidade de Deus não tolera o pecado. A Bíblia diz em Isaías 59:2 “Mas as vossas iniquidades fazem separação entre vós e o vosso Deus; e os vossos pecados esconderam o seu rosto de vós, de modo que não vos ouça.” E em Jó 34:10 diz: “Portanto vós, homens de entendimento, escutai-me: Longe de Deus esteja o praticar a maldade e do Todo-Poderoso o cometer a perversidade!”
Um coração puro e temente (santidade interna) é mais agradável a Deus do que sacrifícios (santidade externa).
“Porém Samuel disse: Tem porventura o SENHOR tanto prazer em holocaustos e sacrifícios, como em que se obedeça à palavra do SENHOR? Eis que o obedecer é melhor do que o sacrificar.” – 1 Samuel 15:22

  • Santidade, um dom da graça de Deus:
“Agora, pois, se atentamente ouvirdes a minha voz e guardardes o meu pacto, então sereis a minha possessão peculiar dentre todos os povos, porque minha é toda a terra; e vós sereis para mim reino sacerdotal e nação santa. São estas as palavras que falarás aos filhos de Israel.” Êxodo 19:5-6

A Bíblia nos declara, todos pecaram! Todos se extraviaram! Todos se fizeram imundos! Mas Deus, que é riquíssimo em misericórdia, nos torna nação santa. E virá, para nos separar (santificar) deste mundo de pecado. Quanto mais lemos a Palavra de Deus mais santidade adquirimos. A Bíblia diz em João 17:17 “Santifica-os na verdade, a tua palavra é a verdade.”

Agora que já vimos o que é a verdadeira santidade (aquela interior, espontânea), vamos aplicar em nossas vidas.
Santidade é o principal atributo de Deus, e uma qualidade que deve ser desenvolvida em seus seguidores. Portanto, nós vivemos em uma guerra. Guerra em busca de santidade, pureza, dependência divina e confiança. Essa guerra é constante em nossas vidas. Ela começa a partir do momento em que conhecemos o que é o BEM e o MAL, ou seja, enquanto crianças ainda. Aí crescemos um pouco e vêm as dificuldades no colégio. Passa mais o tempo e logo chega a juventude e com ela, novas metas e preocupações. Na juventude, vem também  o tão esperado namoro. Você cresce, casa tem uma profissão, filhos, netos, enfim. Cada fase e etapa de nossa vidas são dadas por Deus para que possamos desenvolver nossa fé e nossa santidade. A pergunta é: como temos desenvolvido a santidade em nossas vidas? Conseguimos mostrar Cristo em nosso viver?  Se  sim, parabéns, temos sido obedientes e não fazemos mais do que “nossa obrigação”. Se não, temos falhado e entristecido à Deus, devemos nos corrigir e viver uma vida digna de um cristão. Isso só é possível vivendo a vontade de Deus.
Deus não nos chamou para a impureza e sim para a santificação” – I Tessalonicenses  4:7
A partir do momento em que somos uma nova criatura, somos semelhança e imagem de Deus. É possível viver a castidade em todas as áreas de nossas vidas, mesmo com o mundo todo dizendo o contrário e com valores totalmente opostos aos da vontade de Deus.
Lembremos que somos amados por Deus e temos um grande valor (o sangue de Cristo), e hoje Ele nos convida a viver segundo a Sua vontade, sendo santo como Ele é!Somente Deus pode moldar novamente o teu coração com o seu sangue derramado na cruz.

“Fala a toda a congregação dos filhos de Israel, e dize-lhes: Santos sereis, porque eu, o SENHOR vosso Deus, sou santo.” – Levítico 19:2

Nada tem sentido sem uma meta. Tenha como objetivo/meta, agradar à Deus e a santidade será espontânea, natural e virá de dentro, a santidade moral, dada por Deus!

#EuDecidiEsperar

Março 22, 2012
Ontem fiz um mês de namoro! (: E em comemoração, resolvi escrever este texto que afinal são tópicos que me ajudaram não apenas encontrar o “amor da minha vida”, mas a pessoa a qual eu quero estar ao lado pro restante da minha vida! –Victor Ferro 
 
                                                    (Obs.: Um dos melhores meses que já tive! rs)
(Na verdade nem busquei, nem procurei… o Pai do Céu que me trouxe ele como um presente! Mais detalhes no post! haha) Quero compartilhar o que me ajudou a encontrar não alguém perfeito, mas alguém que se encaixa em mim da maneira mais perfeita que alguém possa imaginar! Alguém que têm qualidades que eu desejo e defeitos que posso suportar facilmente!
[Antes de tudo, gostaria de falar que você não é incompleto! Deus não te fez uma pessoa incompleta e portanto você NÃO precisa de outra pessoa pra te completar, ou para você ser feliz! Deus não faz nada pela metade. Por isso, essa história de cara metade, alma gêmea etc, é furada! rs Realmente é bom que tenhamos alguém ao nosso lado para que juntos, cresçamos! Mas não é uma “lei”.]

#EuDecidiEsperar. Essa, foi uma frase usada por muita gente (principalmente jovens) nos últimos tempos, nas redes  sociais. Pena que não é aplicado às nossas vidas sempre, né!

Quando pedimos algo para Deus, só existem três respostas que podemos receber:
  • Sim   
  • Não 
  • Espere
Em grande parte das respostas de Deus às nossas petições, Ele nos responde com o “espere”. (Acho que é de unanimidade a preferência pelo sim, e em alguns casos aceitamos até o não. Mas o espere… Hmm, esse é sempre o mais difícil de aceitar).
Mas é exatamente dessa maneira que Deus vai nos ajudando a desenvolver a nossa paciência. É nela que o SENHOR trabalha em nós!
“E também nos alegramos nos sofrimentos, pois sabemos que os sofrimentos produzem a paciência, e a paciência traz a experiência, e a experiência a esperança.” -Romanos 5:3-4

Esse “decidi esperar” é uma escolha, que vai muuito além das palavras. ela deve vir de dentro, com sinceridade, paciência, amor, sabedoria… que vêm  SOMENTE de Deus! Esses dois versículos explicam perfeitamente o plano de Deus para nós: As dificuldades geram a paciência, que com o passar do tempo torna-se a experiência, trazendo assim a esperança. Esperança em que? Em que Deus tem o MELHOR para nós!
Eu admito que é muito difícil esperar. Porém o mais difícil ainda é o querer esperar. O nosso relacionamento com Deus vai desenvolver a habilidade da paciência (ela é muuito necessária nesse processo de aprendizado da vida -o saber esperar). Cada vez que cultivamos o nosso relacionamento com Deus,  compreendemos melhor o seu amor e com isso, Ele nos ensina o VERDADEIRO valor de esperar.

  • Faça algo enquanto espera! 


Eu o tipo de pessoa que não gosta de ficar parada! E quando pensamos e falamos em esperar, logo vem à mente você literalmente parado, sentado, encruzando os braços esperando algo que nem você mesmo tem ideia do que é! Não é mesmo?! rs
Mas é totalmente ao contrário disso. (Remi o tempo!) Faça algo que seja essencial e necessário para o seu crescimento nesta área, enquanto espera!

Acredito que não seja somente a minha Mãe que fala isso quando estou “descansando” um pouquinho, sentada: “Se mexa! Faça algo enquanto espera o almoço. Me ajude com isso, com aquilo etc.”. Nenhum pai gosta de ver seu filho parado, enquanto o tempo passa. E com Deus não é diferente. Ok, você está esperando pela “pessoa certa”. E fica aí sentado, esperando? De braços cruzados? (Entenda, não estou falando pra você sair á caça! haha) Quero dizer, que você pode fazer algo muuito útil e produtivo: Servir a Deus! A melhor fase de nossas vidas pra servir a Deus, é enquanto estamos solteiros! (temos menos responsabilidades). Leia, estude, busque o saber, o conhecimento (santo e bom) principalmente em respeito a namoro/casamento. (Não se foque somente nisso para não ficar bitolado!)
Deus te dá um grande potencial, dons, disposição, habilidades para você usar isso a serviço dEle! Então aproveite esse tempo para servi-Lo melhor! Você ainda não tem as preocupações de ser esposo/esposa, pai/mãe, contas, preocupações! Nossa, taanta coisa! Aproveite o tempo livre que você tem! Existem trabalhos no Reino de Deus que só um solteiro(a) pode fazer. Aproveite este privilégio que Deus concede aos solteiros. Procure algum desafio que você possa assumir! (Paulo tratou disso na sua primeira carta aos Coríntios. O final do capítulo 7 é dedicado a isso -Dê uma lidinha!)
“…O solteiro cuida das coisas do Senhor, em como há de agradar ao Senhor. Mas o homem casado se interessa pelas coisas deste mundo e em como há de agradar a sua mulher.  Quanto às mulheres, as solteiras cuidem das coisas do Senhor, para ser santa, tanto no corpo quanto no espírito. Mas a mulher casada se interessa pelas coisas deste mundo em como agradar o seu marido…” -I Coríntios 7:32-35
  • Conte com o apoio de seus pais


“Filho meu, ouve a instrução de teu pai, e não deixes o ensino de tua mãe. Porque eles serão uma coroa de graça para a tua cabeça, e colares para o teu pescoço.” -Provérbios 1:8- 9

Diversas passagens da Bíblia falam sobre ouvir o conselho dos pais.
Ouvir nossos pais é algo indispensável, afinal Deus os escolheu para que fossem nossos pais, com uma das missões mais lindas do mundo: a de zelar por nós! O amor de nossos pais, é uma representação do amor de Deus por nós! Uma das funções deles é a de proteger o nosso coração. Eles com toda a certeza, são as melhores pessoas para nos ajudarem e aconselharem! (Muuito melhor que os nossos “amigos” de mesma idade, que também estão passando pelos mesmos problemas que nós.) Seja amigo de seus pais!E pra você que não vive com seus pais, ou estes não são cristãos, você pode ter “pais espirituais.” Procure algum casal que possa lhe ajudar, e “adote” pais espirituais. Estes podem orar com e por você, podem abrir teus olhos para aquilo que você não quer ver, enfim, podem te aconselhar e te guiar. Certamente ficarão felizes em ajudar!Tenho o grande privilégio de ter nascido em um lar cristão. Agradeço muito a Deus todos os dias por meus pais. Eles são meus melhores amigos; converso com eles sobre TUDO. Conto as experiências que passo, meus problemas, minhas dores, dificuldade, minhas alegrias… Quando estou em dúvida sobre o que fazer, qual decisão tomar, eles sempre estão lá para me ajudar! E isso acontece na área amorosa também. Quando me “interessava” por alguém, conversava com meus pais, buscando sua orientação. E eles sempre abriram os meus olhos para aquilo que eu não queria ver. Com o Victor não foi diferente. Meus pais oraram juntamente conosco, para que Deus mostrasse a vontade dEle para nossas vidas. Só que dessa vez (como era a vontade de Deus) foi diferente. A nossa vontade era também a vontade de Deus! \o/
Eu (infelizmente) já tive decepções e foi justamente quando eu não quis ouvir o que Deus queria me falar através de meus pais! Graças à Deus os ouvi a tempo! (:Por isso, faça dos seus pais seus aliados. Peça para eles que estes o ajudem a proteger o seu coração, que eles orem por você, e que sempre abram seus olhos para o que você não quer ver. E antes de você assumir um compromisso com alguém, converse com eles também!
(Entretanto, não “abuse” de seus pais, recorrendo à eles somente quando precisar de ajuda. Seja um amigo de verdade! Aprenda a aproveitar cada minuto ao lado deles. Pare de se preocupar somente com o seu futuro. Pare de pensar em como será seu futuro cônjuge. Deixe o tempo nas mãos de Deus. E aproveite o tempo com as pessoas que estão ao teu redor!

  • 50 anos! 


Quando chegar AQUELE momento em que você tiver certeza de que encontrou a pessoa certa, passe a avaliar a mesma… neste post , eu falo sobre namoro (que na verdade DEVE ser uma amizade mais íntima) e como devemos fazer tudo desde o começo. Entretanto, só quero fazer um breve comentário: Creio que, um futuro namoro deve surgir na amizade.  Porém, não avalie todos os seus amigos ou amigas como cônjuges em potencial. Mas busque amizades saudáveis, amizades que te levam pra mais perto de Deus. Amizades que glorifiquem a Ele. Antes de qualquer coisa, observe a avalie o relacionamento dele(a) com Deus. Como é o compromisso dele(a) com Deus? Avalie também o seu relacionamento com sua família.

Lembre-se que, se você busca um relacionamento, você deve buscar esse para a vida toda. Então avalie muito bem essa pessoa, ANTES de começar a namorar. Ou, no namoro, você vai ter surpresas desagradáveis!

Tente pensar como será essa pessoa com 50 anos! Se você vai estar do lado da pessoa que escolheu pro resto da sua vida, ainda tem que haver o mesmo amor, carinho e respeito que existia lá no começo do relacionamento. Com 50 anos, a beleza já não vai mais ser a mesma, seu cônjuge não vai ser a mesma coisa de quando você o conheceu e isso não é nenhuma novidade. Mas e ai? O amor ainda vai ser o mesmo? Avalie, mas lembre-se, você também estará sendo avaliado!
  • Pessoa certa


Eu sempre quis encontrar a pessoa certa. Mas nos últimos tempos, comecei a me perguntar: EU tenho sido a pessoa certa?
Não podemos exigir algo que nós não somos, ou não fazemos. Comecei a avaliar as minhas atitudes, manias, gostos, ideias, enfim… comecei a avaliar a minha vida como um todo e então iniciei um processo de mudança. Deixando manias e desenvolvendo habilidades. Prepare-se ao máximo para a SUA pessoa. Pense em como você pode fazê-la feliz! (Não seja egoísta! rs) Enquanto você espera e serve a Deus, aproveite o tempo também para melhorar seu caráter, para treinar as habilidades que te farão ser um bom cônjuge. Trabalhe seu caráter. Peça ajuda à Deus para que você possa mudar de acordo com a vontade dEle. Deixe-se ser moldado por Deus!

     
                   Falando mais direto!
  •  Aos meninos:Um trecho o livro “Eu disse adeus ao namoro”, diz assim:

“Homem: jamais peça o coração, a vida, os sonhos de uma mulher se você não está pronto para assumir um compromisso. Pois compromisso, entendemos algo para a vida toda! Não brinque com os sentimentos de uma mulher. Deus os criou para protegerem suas irmãs e não para brincar com os sentimentos delas. Infelizmente, há muitas piadas no meio cristão quanto a isso, por exemplo, dos irmãos metralhas: aqueles que atiram pra todo lado. Tem menino que mal entra na igreja e já sai “caçando”. Garoto, espera aí! Espere pela tua princesa! E cuide com o que você faz e fala, pois as meninas são movidas pela emoção, não permita que isso as afaste de Deus. Trate-as com respeito, como suas irmãs!”

(Não precisa dizer mais nada, né?!)

  • Às meninas

Meninas (geralmente) são movidas pela emoção, então, o primeiro cara que chega falando que você é linda, que te ama, que quer ficar o resto da vida com você, já conquista teu coração, não é verdade? Eu sei que sim… (É lógico que Meninas, cuidemos de nossos corações! Entreguemos nossas vidas, nossos sonhos ao Senhor. E, sejamos mais racionais na hora de escolher nosso futuro marido! Não se deixe levar pela emoção, pois o nosso coração é muito enganoso! A própria Bíblia nos adverte sobre isso!

Enganoso é o coração, mais do que todas as coisas, e perverso; quem o poderá conhecer?” -Jeremias 17:9

Olhe para os meninos como seus irmãos! E os tratem assim, com respeito! Não interpretem qualquer atitude de carinho ou respeito como paixão!

  • Conclusão:

Faça algo enquanto espera. Aproveite o seu tempo “livre”, para servir à Deus! Curta a sua família enquanto você está com eles, e seja amigo (de verdade) dos seus pais! É uma experiência muuito agradável, garanto! Conheça muito bem a pessoa, ANTES de querer entrar num relacionamento sério. Avalie muito bem. Você também será avaliado. Então, reflita no que você precisa mudar, suas atitudes, manias etc. E mude com a ajuda de Deus e de pessoas mais experientes.

  • À todos os que esperam


“A nossa vida é como uma corrida! E você está correndo no teu ritmo. Você não pode diminuir seu ritmo pra acompanhar alguém que ficou lá pra trás. E se ainda não tem ninguém correndo ao teu lado, espere, porque logo, logo vai ter alguém correndo junto de você, no mesmo ritmo. Pessoas que são de Deus, atraem pessoas que são de Deus” 


“Mas os que esperam no Senhor renovam as suas forças, sobem com asas como águias, correm e não se cansam, caminham e não se fatigam.” Isaías 40: 31
Espero que este post possa abençoar muuito a sua vida, de verdade!
Com muuito carinho e do fundo do meu coração, Tha.

Padrões de beleza

Março 1, 2012

Como posso  aceitar meu corpo da forma que Deus fez?

Não tenha como parâmetro de comparação às capas de revista.

“O vosso adorno não seja o enfeite exterior, mas seja o do íntimo do coração, no incorruptível traje de um espírito manso e tranqüilo, que és, para que permaneçam as coisas” – I Pedro 3:3-4
Quer dizer que seu corpo não se parece com o das modelos que embelezam as capas de revista? Nem com o das que as precederam? Há quarenta anos, as mulheres que apareciam  nas capas de revistas, não eram magricelas, eram mais robustas. Ou seja, o “padrão” de beleza, mudou!
No passado, ser magra não era moda, e também nem era bonito. E quando o artista Rembrandt  e seus contemporâneos pintavam o ideal de um corpo feminino bonito era de formas ainda maiores e mais arredondadas. Imagine como as mulheres magras devem ter se sentido imperfeitas naquela época!
Salomão já dizia: “Vaidade! Tudo é vaidade!” Cuidado, para que a sua preocupação com a aparência, não vire um pecado!
Os padrões de beleza são subjetivos. Uma pinta no rosto é tremendamente bonita, feia, ou algo que chama atenção? Um rosto em formato de coração é gracioso ou infantil? A mulher ser alta é elegante ou um exagero? Que padrões você precisa aceitar?
Use como base, os padrões de Deus! E se você está se perguntando se Deus possui um padrão de beleza, a resposta é SIM! E é um padrão PERFEITO! Então devemos ser perfeitos(as)? Certamente não!
Entendamos o padrão de beleza de Deus:

Ele foi o primeiro a conhecer o que é bonito, quando criou a beleza- uma terra bem banhada, o Sol e a Lua que se alternavam no céu, animais que faziam o lar na Terra. Salmos 104, dá uma pequena ideia disso: As árvores do Senhor fartam-se de seiva, os cedros do Líbano que ele plantou, nos quais as aves se aninham, e a cegonha, cuja casa está nos ciprestes. Os altos montes são um refúgio para as cabras montesas, e as rochas para os querogrilos. Designou a lua para marcar as estações; o sol sabe a hora do seu ocaso. Ordenas a escuridão, e faz-se noite, na qual saem todos os animais da selva. Os leões novos os animais bramam pela presa, e de Deus buscam o seu sustento. Quando nasce o sol, logo se recolhem e se deitam nos seus covis. Então sai o homem para a sua lida e para o seu trabalho, até a tarde.  Ó Senhor, quão multiformes são as tuas obras! Todas elas as fizeste com sabedoria; a terra está cheia das tuas riquezas” (Salmos 104:16-24) É muito interessante você perceber a sincronia que há, nesses nove versículos que fazem um breve resumo da criação. É exatamente aí que está a beleza!
Eu e você, também fazemos parte desta espetacular criação- de fato, o pináculo da criação. “Antes que te formasse no ventre te conheci, e antes que saísses da madre, te santifiquei…” (Jeremias 1:5)
A medida de sua cintura, de seu quadril, de seu busto a cor do seu cabelo e o tamanho de seus sapatos são do conhecimento de Deus, pois afinal, foi Ele quem os criou!
E se Ele te criou assim, do jeito que você é, certamente foi porque sabia que você ficaria bem com o cabelo enrolado e pele clara, ou liso com pele escura, mais alto, mais magro, ou com as peculiaridades que às vezes somente nós temos! Deus pensou em cada detalhe, com muito carinho, tenho certeza!
No momento da criação, Deus formou o homem com suas próprias mãos. Imagine só que ESPETÁCULO!!!
Nós  já ouvimos ou falamos a expressão: “Ahh, aquela pessoa não é bonita, mas ela é tão simpática que se torna bonita!”
Isso é muito simples de se explicar: o sorriso e a simpatia são maneiras de expressar o que temos dentro de nós! É isso que é o padrão de beleza de Deus! Para Ele, só importa o que temos dentro. O exterior não faz diferença! Mas sim, se você cultivar coisas boas dentro de  si, será isso que transmitirá para os outros através de suas expressões! Mulheres, cultivemos o amor, a graça e o zelo! Homens, cultivem o cavalheirismo, a sinceridade e o afeto!
Essa preocupação excessiva é muito comum principalmente entre as mulheres e a grande vilã da história é a mídia, que se aproveita do seu poder, para impor o que é “certo” e “errado”, “bonito” e feio”. Não se deixe levar por esse “padrões” que são baseados somente em opiniões de uma minoria de seres humanos, que nem ao menos conhecem o grande Criador da Beleza!- Deus.
     
           Uma moça sábia disse:
“Beleza é mais que um rosto atraente ou andar na última moda. Uma boa higiene, pele bem cuidada, trajes apropriados e modos graciosos devem ser o meio de exibir uma aparência exterior que atraia outras pessoas e lhe proporcione a oportunidade de dar testemunho de Cristo que habita em nós. O rosto da mulher é, em geral, o espelho do coração. Quando ela confia no amor do SENHOR, suas feições se suavizam e as rugas se atenuam. A paz e a alegria interiores refletem-se no rosto dela. As ações e atitudes da mulher, costumam indicar onde suas raízes foram plantadas.”
“Enganosa é a beleza e vã a formosura, mas a mulher que teme ao Senhor, essa sim será louvada” (Provérbios 31:30).
Não podemos cair nos extremos: Devemos nos cuidar, pois afinal nosso corpo é templo do Espírito Santo (“Ou não sabeis que o vosso corpo é templo do Espírito Santo?” I Coríntios 6:19). Mas não deixe que isso seja primordial em sua vida!
O outro extremo, é não se cuidar, andar de qualquer jeito, caindo no relaxo! rs
Repito o versículo de I Coríntios 6:19!
Quando nos vemos pela perspectiva dEle, nossos pensamentos o agradam, pois Ele é Aquele que nos alegra, e só então, estaremos felizes pelo que realmente somos! Nossa alegria não deve estar baseada no que somos ou temos, deve estar baseada na alegria do Senhor “A minha meditação acerca dEle será suave; eu me ALEGRAREI no Senhor”- Salmos 104:34
Seja feliz da maneira que o seu cabelo tem caimento, não se importe se você não é igual a mulher mais linda do mundo, não fique triste se você não tem uma boca avantajada igual a da Angelina Jolie! haha
Aceite-se da maneira como você é! Ao invés de se incomodar com seus defeitos, valorize as suas qualidades, e aquilo que tem de mais belo! Cuide em primeiro lugar do seu interior!
Hoje, você já cultivou o amor, paz e alegria, ou se preocupou primeiro com o seu  cabelo e rosto?!
Todos somos belos, aos olhos do Pai

Para meninos e meninas

Fevereiro 22, 2012


Namoro cristão

Bom, tenho plena certeza que não sou a melhor pessoa para falar sobre o assunto.  Entretanto, tenho lido bastaante à respeito e é algo muuito comentado entre jovens, cristãos ou não! O que difere é a maneira como falam, (pelo menos deveria!) e senti no coração de compartilhar algumas coisinhas! Vamos lá?!

“Tudo tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo propósito debaixo do céu.” Eclesiastes 3.1

Primeiro quero deixar bem claro que, existe uma diferença muuito nítida entre o namoro do mundo, e o namoro cristão (o que exclui namoro misto, o que sou TOTALMENTE contra, e tenho base Bíblica :”Não vos ponhais em jugo desigual com os incrédulos; porquanto que sociedade pode haver entre a justiça e a iniquidade? Ou que comunhão, da luz com as trevas?” 2 Co. 6.14) . Mas, prosseguindo, vamos fazer uma comparação?

Namoro do mundo:Menino A gosta da menina B, menina B gosta do menino A. Trocam olhares (o famoso ‘flerte’, assunto para outra hora! rs) Ele ‘ficam’ ([E sério, eu não entendo o que significa ‘ficar’, acho isso bem grosseiro, mas enfim), depois ficam novamente, e quando veem que esse ‘ficar’ está ficando mais sério, então decidem namorar.  Esse está fácil né! TUDO errado.Namoro cristão: Menino A, gosta da menina B. São de uma igreja, de mesma ordem (seja longe, perto ou melhor ainda, na mesma igreja), trocam telefone, facebook, twitter, MSN, bla bla bla, têm amigos em comum, saem juntos, começam a orar por isso, passa algum tempo e loogo chega aos ouvidos de toodos a graande notícia! Eles estão namorando!!! o/ Ebaa, todo mundo feliz! Não, não é tudo felicidade não. Conclusão: Com o passar do tempo, durante o namoro, os dois percebem que há certas coisas no outro, que não foram reconhecidos durante o tempo de amizade (que foi curtíssimo) e agora, não têm a liberdade e intimidade, que deveriam ter sido cultivadas antes mesmo do namoro começar. Mesmo que houve oração, teve um erro muito grave. O pouco tempo, o desespero, a pressa. (Minha avó e mãe, seempre disseram que ‘a pressa é inimiga da perfeição’ e é muito verdade!) É necessário que antes de se iniciar um namoro, os dois já tenham uma certa amizade (pura), e que tenham sim, a liberdade de  compartilhar, questionar, perguntar, se abrir com o outro e conversar sobre tudo. É isso que é a amizade. Na verdade é isso que é o namoro: AMIZADE! :] E isso só será conquistado com o TEMPO! É necessário que antes dos olhos de interesse, eles devem ver um ao outro com os olhos de AMIZADE!
Alguém, uma vez disse: “Seja a eterna amiga do seu namorado, e a eterna namorada do seu marido!” Concordo PLENAMENTE! A amizade vai muuito além daquilo que a maioria das pessoas pensam ser. Principalmente a amizade entre um casal, que vem de Deus, é algo muito profundo e puro!
Aproveitando este mesmo exemplo, vou falar um pouquinho sobre distância. Acredito que o amor rompe não somente barreiras, mas também fronteiras! (literalmente falando! rs) [: Entretaanto, a distância gera saudade, e saudade todo mundo sabe que machuca e dói. Este é sim um fator importante, mas acredito mais na força do verdadeiro amor (que vem de Deus), e na maturidade do casal, que uma relação pode acontecer mesmo à distância! MUITO mais difícil com certeza, mas, para Deus nada é impossível, não é verdade?! rs

  • Príncipes e Princesas encantados!
Ta aí um assunto polêmico! Nunca fui muito fã de contos de fadas, príncipes encantados e coisas do tipo! rs Mas sim, como esse é o natural, principalmente entre meninas, já idealizei várias e várias vezes como seria meu futuro, família, filhos, e tal. A idealização do(a) pessoa ideal para nós, é algo muito natural, e acredito que em parte até seja bom! Mas somente em parte. Quando chega ao ponto que começamos idealizar um pessoa perfeita, aí que está o erro. Porque contos de fadas, príncipes encantados e pessoas perfeitas simplesmente não existem! Isso é fato e todos sabemos. Muitas vezes nos ‘enganamos’ achando que existe, mas não existe! rs O pior de tudo, é que esse erro puxa um outro erro. Sim, sim, um outro erro: Egoísmo! O relacionamento, a união foi criado por Deus, lá no início, lembra?! (Gênesis 2:18-25) E para que um relacionamento seja SEMPRE forte é necessário altruísmo e amor. O restante vêm de presente! haha!
Não podemos, nós realmente não devemos embarcar em um relacionamento com a intenção que a outra pessoa nos faça feliz, mas sim que NÓS tenhamos a capacidade dada pelo Pai, de fazermos ele/ela feliz! O egoísmo e a falta de amor, não levam a lugar algum!
Devemos sempre ter metas, focos. Busque um(a) cristão(a) genuíno, alguém com competência espiritual. Salvos, fiéis, puros e maduros espiritualmente, o que exclui o jugo desigual: descrentes, imorais, crentes imaturos e assim por diante).A primeira coisa que deve existir (não somente nessa, mas em todas as áreas de nossa vida) é a oração! Não ore à Deus pedindo alguém perfeito, mas ore pedindo para que Ele lhe mostre no que VOCÊ deve mudar e melhorar, para que possa fazer o “amor da sua vida” feliz! Não ore para que Deus prepare alguém que LHE faça feliz, isso é egoísmo! Devemos primeiro fazer a nossa parte, o restante… Deus trabalha, move o mundo e traz a SUA pessoa até você!

Por fim, a base de um relacionamento maduro e abençoado, deve ser um relacionamento a três:
Ele-Jesus-Ela. Exatamente… o casal e Jesus, estando Jesus SEMPRE no centro, guiando e orientando o casal!

Oração e Fé! É isso que o SENHOR deseja em nossas vidas!

Com amor, Tha! ♥

Fidelidade

Dezembro 27, 2011

“Não te desamparem a benignidade e a fidelidade; ata-as ao teu pescoço; escreve-as na tábua do teu coração. E acharás graça e bom entendimento aos olhos de Deus e dos homens.” (Pv 3:2-3)

A benignidade é um adjetivo que atrai muito tanto a Deus, quanto aos homens, pois infelizmente, o natural do ser humano, não é agir pensando no próximo, mas, pensando em si. E a fidelidade, é um outro adjetivo que qualifica e muito aqueles que a possuem. É uma característica de quem é fiel, ou seja, não trai alguém ou algum princípio. E, hoje, não é uma característica levada muito a sério, pois as pessoas sentem a necessidade de encontrar algo (que idealizam) e que muitas vezes não está presente em sua relação (tanto de amizade, quanto amorosa), e isso causa a busca desesperada de seus ‘ideais’ e de sua grande realização. O interessante, é que quando falamos em fidelidade, logo pensamos em casais (não é verdade?! rs). Mas a fidelidade vai muito além disso… fidelidade requer renúncias, e renuncias são baseadas em escolhas, ou seja, se escolhemos ser fieis ou não, e se essa escolha feita, não passar além das palavras, a fidelidade perde seu foco e a pessoa não se sente realizada. E é exatamente a partir da fidelidade que praticamos o bem ao próximo. O amor ao próximo (que é um mandamento do Pai). Foi a fidelidade (também), que fez com que Deus, nos amasse de tal maneira que desse o seu ÚNICO filho para morrer por nós, para que pudéssemos ter vida, e vida em abundância! Portanto, cultive a benignidade e a fidelidade em tua vida, acredite nas relações que você possui. Ao acreditar na relação, nos tornamos fiéis e isso movimenta um elo sobre a relação que dificilmente será quebrado. Um conselho? Cultive sua amizade com Deus. Pois é dEle e SOMENTE dEle, que procede a fonte de todas as bençãos, entre elas, a fidelidade. Peça a Deus, com um coração puro e sincero, que Ele certamente dará!

Que Deus abençoe tua vida!